Justiça determina prisão preventiva de empresário suspeito de abusar da filha desde a infância em MG

Por Marco Antônio Gomes de Carvalho em 07/04/2021 às 10:01:37
A decisão foi tomada pela 2ª Vara Criminal de Poços de Caldas (MG) durante o feriado de páscoa. O processo corre em segredo de justiça. Justiça determina prisão preventiva de empresário de Poços de Caldas suspeito de abusar sexualmente da filha de 25 anos desde a infância

Reprodução/EPTV

A Justiça determinou a prisão preventiva do empresário de Poços de Caldas (MG) suspeito de abusar sexualmente da filha de 25 anos desde a infância. A decisão foi tomada pela 2ª Vara Criminal de Poços de Caldas durante o feriado de páscoa.

O processo corre em segredo de justiça e por isso não foi informado o nome do juiz que determinou a prisão preventiva e data da determinação. O empresário está no presídio de Poços de Caldas.

O homem de 73 anos já estava preso desde o dia 17 de março. O mandado de prisão foi expedido pela justiça após representação da delegada titular da Delegacia da Mulher.

A Justiça não soube informar se há previsão para julgamento.

Relembre o caso

A vítima contou aos policiais que era abusada sexualmente desde que tinha oito anos. De acordo com o Boletim de Ocorrências, a jovem contou que era ameaçada pelo pai e que a primeira relação sexual ocorreu quando tinha nove anos. Os abusos também aconteceram quando a filha estava grávida.

A denúncia foi feita depois que a mãe da vítima encontrou um pen drive com filmagens dos abusos. Após depoimento, a delegada pediu para que a justiça emitisse um mandado de prisão. A vítima pediu uma medida protetiva contra o suspeito.

Ele foi preso e encaminhado para o presídio de Botelhos (MG), onde ficou 14 dias por causa da pandemia de Covid-19 e atualmente está no presídio de Poços de Caldas.

VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato