Luzes do 'Starlink' chamam atenção de moradores no Sul de Minas: 'Estrelas andando'

Por Marco Antônio Gomes de Carvalho em 03/05/2021 às 10:03:06
Satélites artificiais da Space X puderam ser vistos a olho nu neste domingo na região e levantou dúvidas em moradores. Moradores do Sul de Minas ficaram assustados com luzes vistas no céu neste domingo (3). As luzes, em sequência e em baixa altitude, levantaram a dúvida sobre o que seriam aqueles objetos não identificados.

Um dos registrados enviados para a EPTV Sul de Minas, afiliada Rede Globo, foi feito em São Vicente de Minas pela moradora Geanine Euvanis da Silva.

"Minha filha que viu, quando estava guardado a moto na garagem, aí ela me disse , mamãe as estrelas andando. Quando olhei, estava todas em fileira,achei que fosse mesmo! E não hora fiquei meio assustada. Nunca vi, primeira vez, um pouco assustada", disse a moradora.

Na verdade, as luzes vistas são de satélites artificiais que formam a "Starlink", que já estão na órbita da Terra desde 2019. O projeto tem como objetivo levar internet rápida e de qualidade para todo o planeta via satélite. Neste domingo, eles puderam ser vistos a olho nu nos céus do Sul de Minas no pôr do sol, entre 17h34 e 18h13, devido às boas condições meteorológicas.

Mas eles podem ser vistos novamente de tempos em tempos. Existe inclusive uma ferramenta onde é possível saber quando os satélites Starlink estarão visíveis novamente. A plataforma "Find Starlink" mostra os dias e horários onde eles estarão visíveis conforme a região do planeta.

O que é o Starlink

O projeto Starlink foi idealizado em 2015 pelo empresário Elon Musk e é administrado pela empresa aeroespacial SpaceX. O objetivo é fornecer cobertura global de internet para todo o mundo, especialmente para as regiões que possuem fraca conectividade por banda larga.

Para isso, o programa pretende usar uma rede de milhares de satélites, formando uma constelação de pelo menos 12 mil unidades em órbita. O programa teve autorização da Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos (FCC) para começar a operar em 2018.

Os primeiros satélites foram colocados em órbita em 2019. Atualmente já são mais de mil satélites no espaço.

VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato