Menino de 12 anos morre eletrocutado ao soltar pipa e encostar linha na rede elétrica em Guaranésia, MG

Ao soltar pipa menino de 12 anos morre eletrocutado por Cerca Elétrica

Por Jornalista Alair de Almeida, Diretor e Editor do Jornal Região Sul em 03/09/2021 às 12:53:28
Adrian de 12 anos morre eletrocutado por cerca elétrica quando soltava pipa em Guaranésia

Adrian de 12 anos morre eletrocutado por cerca elétrica quando soltava pipa em Guaranésia

Mortes por energia elétrica em Guaranésia



O menino foi encontrado caído no chão, com as extremidades do corpo queimadas. Menino de 12 anos morre eletrocutado enquanto soltava pipa com fio de cerca elétrica em Guaranésia, MG

Redes sociais

Um menino de 12 anos morreu eletrocutado nesta quinta-feira (2) ao soltar pipa e encostar o fio na rede elétrica, na zona rural de Guaranésia (MG). A criança foi encontrada caída no chão, com as extremidades do corpo queimadas. Segundo a PM, o menino usou uma linha de eletrificador de gado, que é utilizada em cercas elétricas, para empinar a pipa.

Segundo a Polícia Militar, os moradores contaram que a energia elétrica do sítio caiu por volta de 8h30, momento em que eles suspeitam que Adrian Chaves Lamin teria recebido o choque. Ainda de acordo com a PM, a criança estava sozinha em casa e teria saído para brincar com a pipa.

Por volta de 11h, um dos irmãos do menino chegou em casa e não o encontrou. Logo depois, o pai dos meninos também chegou no sítio e saiu em busca de Adrian pela propriedade. Segundo a PM, o homem encontrou a criança caída no chão.

Ao virar o garoto, o pai percebeu que as extremidades do corpo estavam queimadas. Ao lado do menino estava uma linha de eletrificador de gado, aparelho utilizado em cercas elétricas. Segundo a PM, o fio era nylon e estava enrolado por arame. Ele foi usado como linha para a pipa.

Segundo a PM, o menino deve ter encostado a linha na rede elétrica, fazendo com que a descarga elétrica caísse sobre ele, eletrocutando-o. A PM informou que foram acionados por volta de 12h30. Quando chegaram no local, a criança já estava sem sinais vitais. A perícia foi acionada e esteve no local para liberar o corpo.

A Assistência Social de Guaranésia informou que prestou apoio à família e providenciou o sepultamento da criança. O velório aconteceu na igreja Deus é amor e o sepultamento foi realizado na manhã desta sexta-feira (3) no cemitério municipal.

Segundo a secretária de Assistência Social, a família vai continuar recebendo suporte para o que precisar. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: G1 Sul de Minas e PM dos Bombeiros

Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato