Covid-19: Polícia Civil conclui inquérito dos fura-filas de vacinas na investigação de 19 Servidores

Vacinas e os fura-filas em Passos

Por Jornalista Alair de Almeida, Diretor e Editor do Jornal Região Sul em 13/09/2021 às 20:34:51
Passos e o Inquérito dos fura-filas na vacianção

Passos e o Inquérito dos fura-filas na vacianção

Covid-19:

Polícia Civil

conclui inquérito

dos fura-filas

de vacinas na

investigação

de 19 Servidores

em Passos

Segundo a pol√≠cia, suspeitos teriam alterado documento utilizado para grupos priorit√°rios, o que fez 19 servidores recebessem vacina antes da hora na cidade. Pol√≠cia Civil conclui inquérito sobre poss√≠vel fura-fila da vacina em Passos


A Pol√≠cia Civil concluiu nesta segunda-feira (13) o inquérito que investigou o caso de poss√≠vel "fura-fila" de vacina√ß√£o contra Covid-19 em Passos. A investiga√ß√£o apurava a imuniza√ß√£o de 19 servidores da Superintend√™ncia Regional de Ensino antes da hora na cidade. Após a conclus√£o do inquérito, a Pol√≠cia Civil indiciou tr√™s servidores por crime de falsifica√ß√£o de documento p√ļblico.

De acordo com a polícia, os suspeitos teriam alterado o documento usado para grupos prioritários e, com isso, os demais servidores utilizaram o mesmo, que havia sido divulgado nas redes sociais.

A investiga√ß√£o foi conclu√≠da após o interrogatório de 76 envolvidos. O inquérito foi encaminhado à Justi√ßa e ao Ministério P√ļblico. Segundo a Pol√≠cia Civil, se a promotoria entender que ocorreu crime pode entrar com processo ou acordo de n√£o persecu√ß√£o penal, que é quando os envolvidos assumem o crime.

Esses servidores da Superintendência Regional de Ensino foram vacinados entre os dias 18 e 20 de junho. Como o município segue o Plano Nacional de Imunização (PNI), esse grupo não poderia ter sido vacinado naquele momento.

A Secretaria de Estado de Educa√ß√£o informou que abriu sindic√Ęncia administrativa investigatória e que medidas disciplinares foram adotadas referentes a tr√™s servidores da superintend√™ncia.

Ainda de acordo com a secretaria de estado de educa√ß√£o, na época a Superintendente Regional de Ensino de Passos, Lael Helena Keller, foi afastada de forma preventiva e atualmente a servidora segue no cargo.
Covid-19: Pol√≠cia Civil conclui inquérito de "fura-fila" e indicia tr√™s servidores por crime de falsifica√ß√£o em Passos


Sindic√Ęncia apontou adultera√ß√£o

A Sindic√Ęncia da Controladoria Geral de Passos j√° havia confirmado, em julho, que 19 servidores foram imunizados contra a Covid-19 antes da hora. A investiga√ß√£o apontou que eles receberam uma circular autorizando a imuniza√ß√£o e n√£o teriam agido de m√° fé.

"Todos eles receberam uma mensagem circular, em rede social, da Superintend√™ncia Regional de Ensino, que estariam prontas as declara√ß√Ķes para que os mesmos pudessem vacinar. [Eles] pegaram as declara√ß√Ķes, foram ao setor de sa√ļde e vacinaram.

Dos servidores que utilizaram das declara√ß√Ķes para vacina√ß√£o, n√£o vi m√° fé e nenhum il√≠cito, porque foi uma circular que gerou dentro da própria Superintend√™ncia de Ensino e que levou ao local de vacina√ß√£o", disse o Controlador-Adjunto Geral do Munic√≠pio, Jeferson Faria, na oportunidade.No documento adulterado, foi inserido um novo grupo que n√£o existia no original: a op√ß√£o de vacinar profissionais da Superintend√™ncia.

A documenta√ß√£o foi assinada pela Superintendente Lael Helena Keller Souza, que foi suspensa por 30 dias depois de uma sindic√Ęncia aberta pelo estado para investigar poss√≠veis irregularidades no processo de vacina√ß√£o dos funcion√°rios.


Fonte: G1 e Polícia Civil de Passos

Comunicar erro
Casa Coelho

Coment√°rios

Novato