Curtumes são interditados por descarte irregular de resíduos industriais em São Sebastião do Paraíso, MG

Por Jornalista Alair de Almeida, Diretor e Editor do Jornal Região Sul em 01/10/2021 às 13:02:15

Curtumes são

interditados

por descarte

irregular de

resíduos

industriais

em São Sebastião

do Paraíso

Investigação identificou duas empresas que ficarão interditadas por 15 dias até que problemas sejam resolvidos. Dois curtumes foram interditados nesta semana em São Sebastião do Paraíso (MG) por poluição ambiental. As empresas estariam descartando irregularmente resíduos industriais no Córrego Coolapa, local que já vinha sendo alvo de inúmeras denúncias por parte de moradores.



A interdição dos curtumes foi feita em trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o Ministério Público e a Polícia Civil.

Segundo informações da prefeitura, os curtumes deverão ficar interditados por 15 dias até que as empresas tomem providências para a regularização da situação.

Com a finalização dos autos, as empresas também devem ser multadas pelo crime de poluição ambiental.

Curtumes são interditados por descarte irregular de resíduos industriais em São Sebastião do Paraíso

Rio poluído

Moradores de São Sebastião do Paraíso (MG) sofrem com a poluição no Rio Santana, um dos principais afluentes da cidade. A água está escura, cheio de espuma e o meu cheiro incomoda. O rio corta a zona rural do município e passa dentro de várias propriedades.

Os moradores acreditam que o rio tem recebido despejo de esgoto sem tratamento. Córregos como o Coolapa, carrapatinhos e córrego do matadouro desaguam direto no rio.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário, é sabido que há anos ocorrem lançamentos de efluentes de origem industrial em desacordo com os parâmetros estabelecidos na legislação. Eles acontecem de forma eventual e sem dias e horários fixos, o que dificulta a identificação dos autores para responsabilizá-los pelo crime ambiental.

Fonte: G1 Sul de Minas e Prefeitura Municipal

Comunicar erro

Comentários