Presidente de Comissão da ALMG que criticou ação em Varginha é ameaçada: 'seu fim será o de Marielle'

Amea√ßas à Deputada Presidente da ALMG, por querer investiga√ß√£o sobre os 26 Mortos em Opera√ß√£o Policial em Varginha

Por Jornalista Alair de Almeida, Editor e Diretor do Jornal Região Sul em 03/11/2021 às 21:56:08
Não peça investigação, por que você pode morrer igual a Vereadora Mariele do Rio de Janeiro

Não peça investigação, por que você pode morrer igual a Vereadora Mariele do Rio de Janeiro

Deputada

Andrea de Jesus,

Presidente da

ALMG, por pedir

investigação sobre

os 26 Mortos em

Operação Policial

em Varginha,est√°

recebendo

ameças

de morte


Deputada Andréia de Jesus


(Psol) divulgou mensagem


com ameaças em suas


redes sociais.

Redes sociais/Reprodução



A deputada estadual Andréia de Jesus (Psol), presidente da Comiss√£o de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), disse que foi amea√ßada. A declara√ß√£o foi feita na noite desta quarta-feira (3). A parlamentar vem defendendo a abertura de uma investiga√ß√£o da a√ß√£o policial que terminou com 26 mortos em Varginha, no Sul de Minas Gerais.

Especialistas cobram que operação policial com 26 mortos em Varginha seja investigada e apontam falta de transparência


A deputada postou

a mensagem que

recebeu no celular

em suas redes

sociais.

"Vamo lhe matar. Seu fim ser√° como o de Marielle Franco", em refer√™ncia à vereadora do Rio de Janeiro, também do Psol, assassinada em 2018."

Deputada que

criticou ação

policial divulga

ameaças

nas redes sociais



Redes

socias/

Reprodução


A Pol√≠cia Legislativa da ALMG acionou a Pol√≠cia Civil. A deputada fez um boletim de ocorr√™ncia. Nesta quinta-feira (4), ela ir√° até a delegacia de crimes virtuais para encaminhar as mensagens.

No domingo (31), dia da a√ß√£o policial em Varginha, a parlamentar disse que a comiss√£o iria emitir of√≠cios para órg√£os como a PM e a PRF para entender melhor como o caso aconteceu.

"Como é de praxe em situa√ß√Ķes similares, a comiss√£o acolheu a den√ļncia e eu tornei p√ļblico o ocorrido. Em seguida, todas as minhas redes sociais foram invadidas por extremistas distorcendo a minha fala, com coment√°rios de ódio e desrespeito. E por fim amea√ßas contra a minha vida", falou ela...

Fonte: G1 Sul de Minas e Polícias Civil e Militar / EPTV

Comunicar erro

Coment√°rios