Mais de uma semana após convenção, PL oficializa Carlos Viana como candidato de Bolsonaro ao governo de Minas

Por Jornalista Alair de Almeida, Diretor e Editor do Jornal Região Sul em 02/08/2022 às 18:20:11
A decisão saiu nesta terça-feira (2) após reunião entre o candidato, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e lideranças do partido. Candidatura do senador Carlos Viana não é homologada em Minas Gerais

O PL oficializou a candidatura de Carlos Viana (PL) ao governo de Minas Gerais nesta terça-feira (2) depois de uma reunião entre o senador, o presidente Jair Bolsonaro e lideranças do partido. A decisão veio treze dias depois da realização da convenção estadual que terminou sem definição.

"Nós avaliamos o cenário atual em Minas Gerais e os caminhos que temos para garantir a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Ficou decidido que a minha candidatura será mantida. O vice virá do União Brasil e a chapa terá como candidato a senador o deputado Cleitinho, do PSC. O Republicanos também integrará a chapa", disse Viana.

Na pesquisa Datafolha divulgada no dia 1º de julho, Carlos Viana aparece com 4% das intenções de voto pra o governo de Minas Gerais. Já o governador Romeu Zema (Novo) lidera com 48%. Kalil (PSD) tem 21% na disputa.

Estes índices e a demora em definir a candidatura de Viana reforçavam a ideia de que o presidente Jair Bolsonaro (PL) estaria mais interessado em apoiar a candidatura à reeleição de Zema. Os dois foram aliados em 2018.

No dia 26 de maio, o senador Carlos Viana acompanhou o presidente em visita a Minas Gerais. Porém, em Belo Horizonte, em evento de posse da diretoria da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), ele demonstrou apoio a Romeu Zema:

"Já que o governador acabou de ocupar a tribuna, time que está ganhando não se mexe", disse Bolsonaro na oportunidade.

Bolsonaro e Zema participaram juntos de evento na Porém, com o silêncio de Zema em relação a um possível apoio a Bolsonaro em Minas Gerais, o PL decidiu pela candidatura de Viana. O governador disse que apoia Luiz Felipe d'Ávila (Novo) à presidência, mas não se manifestou sobre um possível cenário no segundo turno.

"O presidente Bolsonaro deixou claro que o principal objetivo é mostramos o quanto já foi feito por Minas e apresentarmos os planos que temos para melhorar a vida dos mineiros no futuro", disse Carlos Viana.

Fonte: Da Redação e G1 Globo

Comunicar erro
hospital Lavras

Comentários

novato