Incêndio no Pico do Gavião em Andradas já destruiu mais de 360 hectares de vegetação

Pico do Gavião em Andradas tem mais de 360 hectares de vegetação destruídos por incêndio

Por Da Redação em 20/09/2020 às 02:07:20
Andradas, Terra do vinho e da batata, sede do Grande Rio Branco, tem incêndio destruindo a vegetação no Pico do Gavião

Andradas, Terra do vinho e da batata, sede do Grande Rio Branco, tem incêndio destruindo a vegetação no Pico do Gavião


Bombeiros seguem no combate ao incêndio no Pico do Gavião em MG

Bombeiros continuam combatendo o incêndio no Pico do Gavião em Andradas.

As chamas começaram no domingo (13) e na segunda-feira (14) atingiu o território em Minas Gerais. O pico faz parte da Serra do Caracol, onde o fogo já se espalhou em vários pontos.

Fogo destruiu área no Pico do Gavião em Andradas (MG) — Foto: Corpo de Bombeiros

Fogo destruiu área no Pico do Gavião em Andradas (MG) — Foto: Corpo de Bombeiros

Neste sábado, mais de 20 militares dos bombeiros de Poços de Caldas (MG) e Belo Horizonte (MG) participam da operação, além de brigadistas de Águas da Prata, Defesa Civil de Andradas e voluntários. Os trabalhos desde sexta-feira (18) têm apoio de dois helicópteros - um do Batalhão de Operações Especiais (BOA), que veio da capital mineira, e outro do Instituto Estadual de Florestas (IEF), tripulado por policiais militares.

Cerca de 20 bombeiros participam de combate às chamas em Andradas (MG) — Foto: Erlei Peixoto

Cerca de 20 bombeiros participam de combate às chamas em Andradas (MG) — Foto: Erlei Peixoto

"Estamos tratando de um terreno muito acidentado, a vegetação é densa e tem momentos que é densa e seca, o que oferece risco de combate direto. Então a gente espera, quando sai dessa vegetação, pra ter esse contato, esse combate direto", explicou o tenente dos bombeiros, Wanderlei Fabiano.

Ainda conforme o tenente dos bombeiros, a baixa umidade, o vento e a vegetação muito seca e densa, fazem o incêndio avançar rapidamente. "O incêndio começou perto das torres de transmissão de andradas e só foi alastrando. A maior dificuldade nosso é o terreno íngreme. Subida, descida com bomba costal, abafador. É muito difícil, o acesso em si na mata é complicado", explicou Reginaldo César Alves, coordenador da Defesa Civil.

Responsáveis pela administração da rampa de voo livre do Pico do Gavião destacam que o local está fechado temporariamente. Eles também pedem que as pessoas evitem pegar o caminho para não tumultuar o trânsito de quem está ajudando no combate às chamas.

Área foi queimada no Pico do Gavião em Andradas (MG) — Foto: Corpo de Bombeiros

Área foi queimada no Pico do Gavião em Andradas (MG) — Foto: Corpo de Bombeiros

Fonte: G1 Sul de Minas e PM dos Bombeiros

Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato