"Ia pegar em cheio e me acertar", diz funcionária que saiu do supermercado no momento da batida do caminhão em MG

Por Marco Antônio Gomes de Carvalho em 19/11/2020 às 19:35:55
Mulher avisou companheiro de trabalho que não viu veículo se aproximar. Dez pessoas ficaram feridas no acidente que ocorreu na manhã desta quarta-feira (19) em Juruaia (MG). Uma funcionária do supermercado atingido por um caminhão de refrigerantes, nesta quinta-feira (19), saía do estabelecimento no momento em que o veículo se aproximava. Ela revela que, ao ouvir a buzina do caminhão, conseguiu avisar o companheiro de trabalho que não havia visto o que ocorria e deixou o local onde teria sido atingida.

"Ouvi o barulho de buzina, estava abrindo a garagem e me deparei com o caminhão vindo sem freio. Eu só dei um grito com meu companheiro de trabalho e pedi para ele sair porque o caminhão ia bater no supermercado", revelou Bianca Cristina Rezende Reis, que trabalha como auxiliar-administrativo do estabelecimento.

Supermercado ficou destruído após acidente com caminhão em Juruaia (MG)

Reprodução/Redes sociais

Bianca destacou, ainda, que na casa em que funciona o escritório do supermercado, também atingida pelo veículo, o avô dela morreu há 27 anos em um acidente parecido que envolvia também um caminhão desgovernado.

"Ele [avô] deu um sinal e me tirou lá de dentro, porque ia pegar em cheio e me acertar. Só tenho a agradecer pela minha vida. Agradecer a Deus e a ele por ter me tirado dali. É uma sensação muito ruim. Eu poderia ter ido embora, sem ao menos ter tempo de fazer nada igual ao meu avô", disse.

Funcionária saia do supermercado e conseguiu avisar companheiro de trabalho antes da batida do caminhão em Juruaia (MG)

Reprodução/EPTV

Ajuda de militar de folga

Um policial militar que estava de folga no momento do acidente viu o caminhão desgovernado e foi ao local para ajudar.

"Eu estava na academia quando o caminhão passou, ouvi a buzina e ele estava descendo em alta velocidade. Passei a mão na chave do carro e desci a avenida. Chegando me deparei com fumaça da poeira, o caminhão já havia adentrado ao estabelecimento, algumas vítimas do lado de fora. Corri na porta e tinha uma das vítimas caída. Acionei a ambilância e os militares que estavam de serviço. Assim que a ambulância chegou, pegou as máquinas e prestei auxilio junto às enfermeiras", disse Marcos Constantino Teixeira, que é cabo da PM.

O acidente

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que um caminhão de refrigerantes perdeu o freio e desceu uma avenida desgovernado segundos antes de invadir um supermercado no Centro de Juruaia na manhã desta quinta-feira (19).

Pelo menos dez pessoas ficaram feridas, sendo duas em estado grave.

Segundo a Polícia Militar, o veículo perdeu o freio na descida da Avenida Jairo Domingues Siqueira. Ele passou pela avenida já buzinando, desgovernado, e só parou quando invadiu o supermercado. Antes, ele se chocou contra uma van que aguardava para descarregar e um poste de energia. Uma casa, onde funcionava o escritório do supermercado, também ficou destruída.

Dois funcionários do supermercado ficaram em estado grave. Um deles foi levado para a Santa Casa de Guaxupé e o outro foi socorrido de helicóptero para o Hospital Alzira Vellano, em Alfenas. Duas operadoras de caixa e um cliente também tiveram ferimentos. Duas pessoas que estavam na van foram levados para o hospital de Juruaia e passam bem. Outras três pessoas que estavam no caminhão de refrigerantes também foram atendidos e estão no hospital.

A vítima que foi para o Hospital Alzira Velano passou por cirurgia, segundo a assessoria de imprensa. A outra pessoa ferida foi um menino de 12 anos que teve escoriações foi para a Santa Casa de Guaxupé, onde está em observação.

Uma das vítimas da batida do caminhão em supermercado foi socorrida de helicóptero em Juruaia (MG)

Reprodução/EPTV

Na casa que foi atingida pelo caminhão não havia ninguém na hora do acidente. Por conta do acidente, a energia elétrica foi comprometida no local.

Em nota, a Coca-Cola, proprietária do caminhão de refrigerantes, informou que as causas do acidente estão sendo investigadas pelas autoridades locais e pela perícia interna da companhia. A empresa também disse que está prestando o auxílio necessário às vítimas e seus familiares, assim como ao supermercado que funciona no local e se coloca à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato