Gravidade da variante amazonense do coronavírus é desconhecida, mas não a ponto de invalidar vacinas

Coronavírus: Brasil no PICO

Por Da Redaçao em 13/01/2021 às 11:43:17




Gravidade da


variante


amazonense


é desconhecida,


mas n√£o a ponto


de invalidar vacinas


Clarice Cardoso, do UOL Notícias



Ao que tudo indica, as vacinas de Oxford e CoronaVac, que est√£o sendo avaliadas pela Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria) para poss√≠vel imuniza√ß√£o no Brasil, ser√£o capazes de conter a nova variante do coronav√≠rus que se desenvolveu na Amazônia.

No √ļltimo domingo, o Ministério da Sa√ļde japon√™s notificou o Brasil sobre uma nova variante do novo coronav√≠rus detectadas em quatro pacientes que estiveram no Amazonas pouco antes. Os dados dessa nova variante foram inclu√≠dos no bando de dados internacional e, quando estudados por cientistas da Fiocruz (Funda√ß√£o Oswaldo Cruz) Amazônia, mostraram que as muta√ß√Ķes, até ent√£o inéditas, t√™m origem no estado e podem constituir uma nova linhagem brasileira.


Manaus est√° mais próxima da fase final da pandemia na Amazônia, mostra estudo


A d√ļvida sobre a efic√°cia das vacinas surgiu porque a nova linhagem apresentou duas importantes muta√ß√Ķes simult√Ęneas na prote√≠na Spike, respons√°vel por ligar o v√≠rus às células humanas. "O v√≠rus muda mesmo. J√° houve outras muta√ß√Ķes em suas prote√≠nas, mas n√£o suficientes para impedir a resposta da vacina", explica Marco Antonio Cyrillo, diretor cl√≠nico do Instituto de Gastroenterologia de S√£o Paulo.


Unidade Manaus | ULBRATECH - Rede ULBRA de Inovação


Para Ana Marinho, imunologista da Asbai (Associa√ß√£o Brasileira de Alergia e Imunopatologia), "todas as vacinas dispon√≠veis em fase 3 e j√° aprovadas fora do Brasil t√™m como foco principal a prote√≠na Spike". "O que precisamos agora é conhecer melhor essa variante: ela vai causar doen√ßa mais grave, aumentar√° a dissemina√ß√£o?", afirma.

Fonte: UOL Press

Comunicar erro
Casa Coelho

Coment√°rios

Novato