O Brasil registrou nesta quarta, 31 de março, mais um recorde de mortes da covid-19: 3.950 em 24 horas: Tem 321 mil e 520 Mortes com 12 milhões 750 mil Casos

O avanço do COVID-19 no Brasil

Por Jornalista Alair de Almeida, Editor e Diretor do Jornal Região Sul em 27/03/2021 às 01:06:57


O Brasil registrou


nesta quarta,


31 de março,


mais um recorde de


mortes da covid-19:


3.950 em 24 horas:


E tem agora 321 mil


e 520 Mortes com


12 milhões e 750 mil Casos

Após dados represados, país bate recorde com 3.950 mortes pela covid em 24h. O Brasil registrou na quarta, 31 de março, um novo recorde de mortes em decorrência da covid-19: 3.950 em 24 horas. E no sábado, dia 27 de março, 3.368 mortes, segundo recorde. A média móvel de óbitos também registrou seu maior número desde o início da pandemia, com 2.400 mortos nos últimos sete dias. O aumento de mortes verificado em alguns estados — São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás e Santa Catarina — entre ontem e hoje se deve a um represamento de dados que ocorreu nesta semana, após uma mudança no registro de óbitos feita ... -


"Embora as mudanças tenham sido anuladas neste mesmo dia (24), desde ontem os dados ainda estão impactados pela medida", disse o governo de São Paulo, que registrou hoje 1.193 mortes em 24 horas — um recorde no estado. A maior marca de mortes no país até esta sexta-feira havia sido registrada na terça — 3.158 óbitos. Na mesma data, a média móvel foi de 2.349 mortos. Ao todo, o país contabiliza 307.326 mortes desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas foram confirmados 82.558 diagnósticos positivos. Com isso, o Brasil chega a 12 milhões ,660 mil casos de infecção de covid-19, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte.... -

Apenas a região Norte está estável na média de mortes, com 4% de variação na comparação com 14 dias atrás. Todos as outras regiões apresentam aceleração: Nordeste (22%), Centro-Oeste (56%), Sudeste (46%) e Sul (20%). Dezenove estados mais o Distrito Federal, apresentam alta no índice. Dois estados estão em queda e cinco estão estáveis....

O Brasil em números Na primeira onda:

Maior número de mortes em 24 h: 1.554 (19/7)

Maior média móvel de óbitos: 1.097 (25/7)

Maior período com média acima de mil: 31 dias

Maior número de óbitos em uma semana: 7.679 (de 19/7 a 25/7)

Na segunda onda:

Maior número de mortes em 24 h: 3.950 (31/03)

Maior número de mortos em 24 h: 3.790 (30/03)

Maior número de mortes em 24 h: 3.600 (26/3)

Maior média móvel de óbitos:2.400 (26/3)

Maior período com média acima de mil: 65 dias

Maior número de óbitos em uma semana: 15.640 (de 14/3 a 20/3)

As 31 maiores médias móveis de mortes por covid-19 no Brasil ocorreram nos últimos 31 dias.

As dez mais altas são as seguintes:

As 31 maiores médias móveis de mortes por covid-19 no Brasil ocorreram nos últimos 31 dias.

As dez mais altas são as seguintes:

30 de março - 3.790

27 de março - 3.368

26 de março - 2.400

23 de março - 2.349

22 de março - 2.298

24 de março - 2.279

25 de março - 2.276

21 de março - 2.255

20 de março - 2.234 1

9 de março - 2.178

18 de março - 2.096

17 de março - 2.031...

Os cinco dias com maior número de mortes em toda a pandemia ocorreram nos últimos dez dias (os números não indicam quando os óbitos ocorreram de fato, mas, sim, quando passaram a contar dos balanços oficiais):


30 d emarço - 3l790

327 de março - 3.368

25 de março - 3.600

23 de março - 3.158

16 de março - 2.798

17 de março - 2.736

19 de março - 2.730

Oito estados reportaram mais de cem mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. O total de vítimas apenas nestes estados chega a 2.866:

São Paulo - 1.193

Rio Grande do Sul - 408

Minas Gerais - 316

Santa Catarina - 210

Goiás - 200 Rio

de Janeiro - 195

Paraná - 189

Bahia - 155

Dados do governo Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil registrou 3.650 novas mortes provocadas pela covid-19 em um intervalo de 24 horas. Em boletim divulgado nesta sexta-feira (26), a pasta informou que o país soma 307.112 óbitos desde o início da pandemia.

De ontem para hoje, houve 84.245 diagnósticos positivos para o novo coronavírus em todo o país, de acordo com dados do governo. Desde o começo da pandemia, o total de infectados chegou a 12.404.414.

Fonte: UOL PRESS e Ministério da Saúde

Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato