Segundo suspeito de invadir e furtar armamentos em quartel da PM é preso em Muzambinho

Homem de 39 anos foi preso ap√≥s investigação da Rotam; ele teria levado o armamento furtado para São Paulo. Policial da ativa j√° havia sido preso em Muzambinho (MG)

Por Alair de Almeida, Editor e Diretor do Jornal Região Sul em 10/02/2024 às 18:09:50

O segundo suspeito de ter invadido e furtado armamentos do quartel da Polícia Militar em Muzambinho (MG) foi preso neste s√°bado (10), em Guaxupé (MG). O crime aconteceu na madrugada de quarta-feira (7) e, no mesmo dia, um policial, também suspeito pelo crime, j√° havia sido preso.

De acordo com a Polícia Militar, o segundo suspeito foi preso após serviço de investigação do Batalhão de Rondas T√°ticas Metropolitanas (Rotam).

As investigações levaram até a identidade do suspeito, de 39 anos, morador da zona rural de Muzambinho.

A PM destacou que, fez uma ligação ao endereço dele e quem atendeu foi a mãe, que disse aos agentes que ele teria alugado um carro para fazer negócios em São Paulo.

Os policiais foram até a concession√°ria que alugou o veículo e conseguiu mais informações sobre o suspeito.

O homem de 39 anos foi preso pela Polícia Militar no trevo de Guaxupé, quando retornava para Muzambinho.

Durante a abordagem, o suspeito estava com uma arma, que não foi identificada, até o momento, como uma das furtadas do quartel.

Conforme a PM, o armamento furtado teria sido levado para São Paulo, conforme dito pelo suspeito durante a abordagem.

Policial j√° havia sido preso suspeito de invadir quartel da PM e furtar armamento em MG — Foto: Reprodução/EPTV

Policial j√° havia sido preso suspeito de invadir quartel da PM e furtar armamento em MG — Foto: Reprodução/EPTV

Policial preso

O primeiro suspeito pelo crime foi preso na noite de quarta. De acordo com a Polícia Militar, ele é um sargento da ativa da polícia, que est√° afastado por problemas de saúde.

De acordo com a Polícia Militar, não houve resist√™ncia no momento da prisão.

Ainda segundo a PM, as roupas que ele utilizou durante o crime foram encontradas durante a prisão.

A prisão do policial só foi possível após expedição de um mandado, que saiu no final da tarde de quarta.

"Após a notícia do furto, foi realizada uma grande operação na cidade de Muzambinho. Conseguimos diligenciar e obtivemos algumas imagens, tendo a participação de dois autores no furto das armas. Dentro das dilig√™ncias, conseguimos chegar em um possível autor, que é um policial.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão no estabelecimento comercial e na resid√™ncia dele, onde foram localizadas as vestes semelhantes a das imagens.

Ele então recebeu voz de prisão em flagrante e ele est√° sendo encaminhado a uma unidade prisional militar de Minas Gerais", explicou o major da Polícia Militar, Douglas dos Santos Volpin.

O crime

O furto no quartel foi percebido por volta das 6h desta quarta, quando alguns policiais chegaram ao quartel e perceberam que o local havia sido invadido.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos levaram r√°dios comunicadores, um equipamento que grava imagens de c√Ęmeras de segurança e oito armas: um fuzil 762, dois fuzis 556, duas espingardas calibre 12 e tr√™s pistolas. Segundo a PM, todo equipamento estava em condições de uso.

Durante o dia, dezenas de policiais de v√°rias cidades estiveram em Muzambinho para tentar identificar os suspeitos e localizar as armas.

O helicóptero da Polícia Militar também auxiliou no serviço. A Polícia Militar informou que os militares que trabalharam a noite deixaram o quartel por volta das 3h e que não havia ninguém no local quando houve a invasão.

A PM não deu detalhes de como pode ter acontecido este furto. A Polícia Civil também investiga o caso.

Fonte: G1 Sul de Minas e Da Redação

Comunicar erro
Fepi

Coment√°rios

novato