Justiça condena nove pessoas por tráfico de drogas e associação após operação em Guapé, MG

Opera√ß√£o Bangal√ī condena 9 pessoa por tr√°fico de drogas em Guap√©. com penas que variam de 13 a 19 anos

Por Jornalista Alair de Almeida, Editor e Diretor do Jornal Região Sul em 12/11/2021 às 15:15:14


Opera√ß√£o Bangalô


condena 9 pessoas


por tr√°fico de


drogas em Guapé


com penas que


variam de 13 a 36 anos

Opera√ß√£o Bangalô foi realizada em abril deste ano; segundo MP, penas variam de 13 a 36 anos de pris√£o. Nove pessoas foram condenadas pela Justi√ßa por tr√°fico de drogas e por associa√ß√£o com o tr√°fico em Guapé (MG). Estas pessoas, sendo seis homens e tr√™s mulheres, foram presas em abril deste ano durante uma opera√ß√£o realizada através do Gaeco, do Ministério P√ļblico e a Pol√≠cia Militar.


Guapé: Pris√£o e condena√ß√£o por tr√°fico de drogas...

Alago

Segundo informa√ß√Ķes do Grupo de Atua√ß√£o Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), os integrantes da associa√ß√£o criminosa est√£o presos e iniciar√£o o cumprimento das penas em regime fechado. Além disso, a senten√ßa reconheceu o uso de crian√ßas e adolescentes para a atividade criminosa.

As penas das nove pessoas v√£o de 13 a 36 anos de pris√£o e, somadas, passam de 185 anos. Eles também dever√£o pagar multas que ser√£o destinadas ao Fundo Penitenci√°rio Nacional. O valor somado passa de R$ 825 mil.

Segundo o MP, a decis√£o cabe recurso.

MP realiza operação contra

quadrilha especializada em

tr√°fico de drogas em Guapé

Divulgação/Gaego

Opera√ß√£o Bangalô

A "Opera√ß√£o Bangalô" aconteceu em abril deste ano e teve como objetivo desmontar uma associa√ß√£o criminosa atuante em Guapé e regi√£o. Na ocasi√£o, 12 pessoas foram denunciadas pela pr√°tica de 57 crimes após cerca de 11 meses de investiga√ß√Ķes.

Segundo as investiga√ß√Ķes, os investigados tinham liga√ß√£o com uma fac√ß√£o criminosa e estavam envolvidos em crimes como homic√≠dio, peculato, corrup√ß√£o passiva e viola√ß√£o de sigilo funcional.

Fonte: G1 Sul de Minas e Polícias Civil e Militar / EPTV

Comunicar erro

Coment√°rios