Com hospital no limite, Três Corações altera triagem de atendimento a pacientes da Covid-19

Por Marco Antônio Gomes de Carvalho em 07/04/2021 às 22:08:50
Paciente que sentir sintomas da doença deve procurar atendimento posto de saúde do bairro em que mora. Transferência para Hospital São Sebastião será feita por encaminhamento. Demanda cresce e hospital limita atendimento à população em Três Corações

Três Corações alterou a forma de atendimentos relacionados à Covid-19 devido ao Hospital São Sebastião ter chegado ao limite de internações. A medida foi anunciada pela prefeitura após reunião, nesta quarta-feira (7), do prefeito Gordo Dentista (PSD) com o diretor da fundação hospitalar, José Pereira da Cunha.

Ficou decidido que as pessoas com suspeita da doença deverão se direcionar aos Postos de Saúde da Família do bairro em que vivem e/ou ao Centro de Especialidades Médicas (CEM) para fazer a triagem.

“Isso partiu de uma medida emergencial. A motivação foi a superlotação dos nossos leitos no hospital nesse momento. Chegou um momento em que todos os nossos leitos de Covid-19 estão ocupados. E a gente se deparou com uma fila de espera muito grande para internação. Foi preciso realocar os profissionais de saúde, tanto médicos como outros profissionais do hospital, para aumentar a assistência à Covid-19 para que não houvesse prejuízo no atendimento dos outros pacientes clínicos. A gente, em parceria com a prefeitura, conseguiu fazer essa estratégia de dividir o atendimento na cidade”, explicou William Rodrigo de Andrade, que é diretor-técnico do Hospital São Sebastião.

Com a alteração, o objetivo é fazer com que os atendimentos no hospital sejam feitos em caso de encaminhamento médico. Casos de urgência trazidos por ambulância seguem sendo atendidos diretamente na unidade.

“Antes de procurar o Hospital São Sebastião a nossa sugestão é que ele procure uma unidade de saúde mais próxima de sua casa. Houve uma ampliação do atendimento dos postos de saúde e eles vão fazer essa primeira avaliação dos pacientes para a gente. A partir do momento que o médico, dentro dessa unidade básica de saúde, identificar a necessidade de trazer o paciente até o Hospital São Sebastião, ela vai fazer isso através de um encaminhamento”, falou o diretor-técnico.

Três Corações contabiliza 4.029 contaminações pela Covid-19, sendo 88 mortes em decorrência da doença. A cidade possui 33 leitos de enfermaria para coronavírus e 20 de UTI exclusivos para tratamento do vírus. Todos estão lotados e já existem pacientes na fila, aguardando para conseguirem ser internados.

Três Corações altera triagem de atendimento a pacientes da Covid-19

Reprodução/EPTV

Os medicamentos também estão chegando ao limite. A direção do hospital estima que eles possam acabar nos próximos dias e que, desde que a distribuição passou a ser feita pelo estado, existe dificuldade na compra de alguns, principalmente os utilizados para intubação.

“Nosso estoque de sedativo é muito baixo, com risco de acabar nos próximos dias. A gente está tentando encontrar alternativas, outros medicamentos, para que os pacientes que já estão intubados não sofram nenhum prejuízo com essa queda. A gente pede também o apoio do estado e da região para que, se puder, contribuir com esses medicamentos pra gente, pois o hospital está precisando”, completou o diretor do hospital.

O Hospital São Sebastião tem, nesta quarta-feira, 15 pacientes intubados e que precisam dos medicamentos usados durante a ventilação mecânica. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou que tem fornecido o kit intubação para instituições que estão com baixo estoque dos medicamentos no estado, mas não disse se esses remédios chegaram até Três Corações.

VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Comunicar erro
Casa Coelho

Comentários

Novato